RSS

Arquivo da tag: Usina Nuclear de Fukushima

Tepco Admite o “Meltdown” do reator No 1 da Usina Nuclear de Fukushima.

A empresa Tokyo Electric Power Company (Tepco) anunciou ontem, dia 12, que há possibilidade das varetas de combustível nuclear (4m de comprimento) terem se derretido por terem ficado totalmente expostos fora da água de resfriamento, caindo no fundo do vaso de pressão e posteriormente vazado junto com a água para a contenção, através de pequenos furos no fundo do vaso de pressão.

A Tepco admitiu a situação como “Meltdown” (fusão do núcleo de um reator nuclear) e está revisando do trabalho de resfriamento da contenção que estava planejado a sermr preenchendos totalmente com água (Submersão (Tonel d’água)). Com certeza haverá atrasos no trabalho de resfriamento e estão forçados a efetuar uma grande reformulação do cronograma para a convergência do acidente.

Até então, estavam supondo que o nível da água dentro do vaso de pressão estivessem entre 1,5 a 1,7m abaixo da extremidade superior da varetade combustível, mas o resultado da medição depois de consertar um medidor de água, descobriu que o nível de água está 5 metros abaixo.

Há grandes possibilidades dos combustíveis do reator 1 terem permanecido completamente expostos por um determinado período, abrindo pequenos furos nas partes soldadas da tubulação, vazando o combustível fundido para a contenção.

Como a temperatura superficial da parte inferior do vaso de pressão está relativamente baixo, entre 100 a 190 graus Celsius, a Tepco diz que o combustível está sendo resfriado (imerso em água).

O combustível que provavelmente vazou depois de fundido, está sendo resfriado sem haver aquecimento porque há água dentro da contenção, sendo baixo o risco de uma explosão de hidrogênio.

Sobre o nível da água dentro do vaso de pressão, segundo Hidehiko Nishiyama, porta-voz da agência de segurança nuclear japonesa, “uma parte (do combustível) está na parte de baixo, derretido, e está sendo bem resfriados (com água)”.

Até agora, a Tepco vinha estimando a percentagem de danos do núcleo em 55%, mas desta vez não nega a posibilidade do combustível ter se derretido completamente, pelo fato da vareta de combustível não manter a sua forma original, por causa do derretimento.

Até o dia 12, a Tepco bombeou cerca 10 mil toneladas de água no vaso de pressão do reator 1 para resfriar o combustível e atualmete estão sendo bombeados 8 toneladas de água por hora na tentativa de encher o vaso, mas segundo a Tepco, “mais de 3 mil toneladas de água está vazando para algum lugar”. A situação é que, a água deve estar vazando da parte inferior do vaso de pressão, para a contenção, e de lá para algum lugar.

Nesta situação, a empresa diz que há necessidade de reformular a estratégia e a Agência de segurança nuclear também observa que “é pouco provável que encha de água até o topo (do combustível)”.

Fonte: SANKEI DIGITAL  1:30hs 13/05/2011

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13/05/2011 em Diversos

 

Tags: ,